Home Blog do Willians Notícias Governo Paulo Serra (PSDB) perde verba da saúde por má gestão

Governo Paulo Serra (PSDB) perde verba da saúde por má gestão

3 min read
0
0

Ministério da Saúde retém repasses para a cidade por não informarem dados de pacientes

De acordo com reportagem dos  jornalistas Júnior Carvalho e Raphael Rocha do DGABC, o Ministério da Saúde suspendeu repasses de verbas a Santo André e Diadema que eram destinados ao custeio de equipes de atenção básica e de agentes comunitários de Saúde por descumprirem regras estabelecidas pela legislação que disciplina direitos e deveres dos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde).

A retenção dos recursos se deu, segundo o governo federal, porque o governo Paulo Serra (PSDB) deixou de informar, por meio de um sistema interno, os dados sobre os pacientes atendidos por esses dois programas, como número de moradores beneficiados pelos serviços.

O governo tucano, teve suspensão incentivos financeiros que custeavam quatro equipes do Nasf (Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica), que são integradas por médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem. Já o corte de verba para Diadema diz respeito a uma equipe de agentes comunitários de Saúde.

O governo do prefeito Paulo Serra (PSDB) reconheceu a suspensão, mas não justificou a falta de prestação de contas ao Ministério da Saúde. “A Secretaria de Saúde de Santo André, por meio do programa QualiSaúde, já vem trabalhando na reorganização da estratégia de Saúde da Família e também no dimensionamento da rede da atenção básica, visando a retomada do recebimento do recurso”, destacou o Paço, por nota.

 

Júnior Carvalho
Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

Quer mais assuntos assim?

Receba nosso boletim direto para sua caixa de entrada!

Não se preocupe, nós não enviamos spam

Carregar mais notícias
Load More In Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja

PT lança Plano de Reconstrução do Brasil

Proposta apresentada nesta segunda-feira, 21 de setembro, pelo PT e Fundação Perseu Abramo…