Home Blog do Willians Notícias Projeto do prefeito Paulo Serra prejudica trabalhadores policiais militares

Projeto do prefeito Paulo Serra prejudica trabalhadores policiais militares

4 min read
0
0

Os ‘bicos oficiais’ dos policiais são uma forma encontrada pelos governos de aumentar o efetivo nas ruas gastando menos, já que não precisam realizar novas contratações e treinamentos.

A Prefeitura de Santo André enviou à Câmara Municipal nesta terça-feira (11), projeto de lei para a criação da Atividade Delegada, que visa aumentar o policiamento na cidade. A proposta prevê que o município invista cerca de R$ 200 mil por mês para que policiais militares reforcem a segurança da população fora do expediente de trabalho, os já conhecidos ‘bicos oficiais’.

Apesar de ser o Estado mais rico, São Paulo está entre as polícias mais mal pagas do País e os ‘bicos oficiais’ esconde esta realidade da população que acaba tendo a ilusão de que teremos mais policiais nas ruas. Entretanto, estes os policiais têm dificuldade de planejar as próprias vidas, aumentando seu estresse,  é patente que o trabalho extra compromete a saúde dos policiais. ‘Mas a questão do descanso do profissional não está na agenda da segurança pública do prefeito Paulo Serra.

Os ‘bicos oficiais’ naturalizam a ideia de que o policial é ‘uma máquina’, que pode trabalhar de acordo com as necessidades que surgirem. Mas essa é uma avaliação perigosa porque o excesso de trabalho prejudica o desempenho.

O coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo e psicólogo clínico Olavo Sant’Anna Filho pesquisa estresse pós-traumático de policiais militares. Entre os sintomas da doença estão: não conseguir controlar pensamentos negativos sobre o evento, flashbacks, pesadelos e ansiedade extrema.

Sant’Anna afirmou em entrevista recente que a falta de descanso contribui para o problema, já que este não depende de um único evento traumático, mas pode surgir com o estresse acumulado durante anos.

Os ‘bicos oficiais’ são uma forma ruim de possibilitar que o policial aumente sua renda. ‘O ideal seria que tivesse um salário que permitisse prover todas as atividades de sua família. Com isso, o prefeito Paulo Serra ajuda o governador do seu partido João Doria e enrolar os trabalhadores já que suas promessas de campanha não serão cumpridas.

Entre os absurdos dos ‘bicos oficiais’ está na Lei Complementar nº 1.227, de 19 de dezembro de 2013, que instituiu o “bico oficial”, diz em seu artigo 4º que os militares não terão direito à diária de alimentação e o auxílio-alimentação por conta do Estado, conforme o Código dos Praças.

Quer mais assuntos assim?

Receba nosso boletim direto para sua caixa de entrada!

Não se preocupe, nós não enviamos spam

Carregar mais notícias
Load More In Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja

Vereadores se reúnem para debater mudanças na Lei Orgânica da Cidade

A Comissão de Assuntos Relevantes que visa a elaboração e apreciação de estudos referentes…