Home Blog do Willians Notícias Conselhos Tutelares sofrem com falta de estrutura no Governo Paulo Serra

Conselhos Tutelares sofrem com falta de estrutura no Governo Paulo Serra

4 min read
0
0

Segundo reportagem do DGABC, conselheiros tutelares do Conselho Tutelar 1 de Santo André, no Centro, denunciam série de problemas estruturais, que, segundo os servidores, têm afetado o atendimento à população. Localizado na Rua Abílio Soares, 573, o equipamento ocupa um imóvel antigo com problemas de infiltração e na instalação elétrica, alegam os profissionais.

Uma conselheira, que preferiu não se identificar, relatou que na área externa do imóvel, um pedaço do forro de gesso caiu e foi colocado no local apenas pedaço de madeira. O incidente ocorreu há quatro meses. No dia 30 de setembro, descarga elétrica queimou o modem e o conselho ficou sem internet até o dia 9 de outubro. O sinal foi restabelecido, mas, após o último feriado, novamente não havia conexão. Sem internet, os conselheiros não conseguem acessar o sistema onde registram as ocorrências nem encaminhar qualquer tipo de informação para o Fórum, tão pouco receber as denúncias de violações aos direitos das crianças e dos adolescentes que são feitos por meio do Disque 100.

A fiação antiga do imóvel também tem causado problemas diversos, desde a queima de lâmpadas até o fechamento do equipamento por receio de curto-circuito. Além disso, o problema impossibilita ligar os computadores de atendimento na única sala com ar-condicionado por falta de cabeamento adequado. Uma árvore na entrada, com os galhos encostando nos fios, é apontada como a possível causa dos problemas na internet, mas a poda solicitada à administração não foi realizada, afirmam os conselheiros.

Em nota, a Prefeitura de Santo André informou que desconhece tais ocorrências. É importante que o conselho em questão solicite as providências por meio de ofício à Secretaria de Cidadania e Assistência Social, como é de praxe. A partir desta comunicação oficial será possível dar os devidos encaminhamentos.

Quanto à reclamação sobre a árvore, o DMAV (Departamento de Manutenção de Áreas Verdes) fará uma vistoria no local para solicitar o serviço de poda junto à Enel, já que a árvore tem os galhos em conflito com a rede elétrica.

A Vivo, provedora da internet no local, informou que atua para regularizar o serviço no menor prazo possível.

Quer mais assuntos assim?

Receba nosso boletim direto para sua caixa de entrada!

Não se preocupe, nós não enviamos spam

Carregar mais notícias
Load More In Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja

Vereador Willians Bezerra encaminha pedidos da população para prefeitura

Compartilho nossas indicações das sessões ordinárias do mês de outubro atendendo as solici…